Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

Não sei lidar com a morte

É um vazio.
É como olhar sedento para um copo cheio de água e não poder beber.
É um estrangulamento das artérias...
É como se o sol apagasse
A lua não aparecesse
É o despertar da solidão profunda dentro de si.

Como acostumar e rir da morte?
Ela é feia e cruel.
Tira a alegria de quem ama. 
Esvazia lares 
Queima em chamas.
Quem é essa senhora tão hostil?
Quem é essa senhora traiçoeira que invade os hospitais,as estradas e muda o rumo da vida?

Já deu ,senhora!
Não é bem-vinda!
Vá em paz! 

Ainda que monótona queremos a vida e voltar a sorrir livremente.

E lá no céu as estrelas que brilham serão guias de nossas vidas aqui em meio ao caos.
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 11/06/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426