Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

MULHER DE TODAS AS VIDAS
                                            Eliane Queiroz  Auer
 
Oh, mulher!
Por que choras?
Embala o seu filho e vamos lutar!
Vamos para o campo
Lá tem colheita e a gente se põe a pensar.
 
Oh, mulher!
Recolhe o choro!
Veste o seu melhor sorriso, vamos correr nos campos floridos.
Teremos uma colheita farta e logo vem o abrigo.
 
Vamos comprar a nossa casa e será o nosso paraíso.
 Nossa semente prosperará.
Crescerá fértil e com amor há de se encantar.
 
Olhe a nossa menina!
Ela chegará no lugar que escolher chegar.
 
Pense no futuro...
Uma advogada, vereadora, médica da nossa comunidade...
São tantas profissões que até me perco no pensar!
Desenhista, eletricista, engenheira...
E se resolver a História estudar?
Serão os nossos ancestrais a ela guiar.

E se desejar ser a mãe de todas as outras profissões, ser professora, de lutas intensas viverá.

Escolhendo  a melhor das profissões, a mais doce e dedicada de todas, a maternidade, o nosso netinho iremos embalar!

E quando ela crescer, enquanto não estudar, permanecerá com a mesma dignidade do nosso caminhar.

 Eliane Auer
24/02/2020

 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 03/05/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426