Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

Lamentos de crianças
postura corporal, ergonomia, dores nas costas, coluna, fisioterapeuta, ma postura, dor na coluna, pescoco, bracos, escoliose, cifose, tendinite, dor de cabeca, dor na atm
Não te pedi nada!
Não pedi balas
Não pedi biscoitos
Não pedi blusinhas
Não pedi bonecas
Não pedi carrinhos
Não pedi presentinhos
Não pedi para passear.
Não queria seu olhar me vendo tomar banho,
No vestiário...
Numa casa sem portas, com pouco espaço.
Não queria as suas ofertas maldosas!
 
Só queria o seu respeito por mim,
Pelo meu corpo de criança,
Pelas minhas vestes
Pelos meus sonhos infantis.
 
Dilaceraram a minha vida
Usurparam os meus sonhos
Escandalizaram
Fizeram maledicências
Me julgaram...
 
Somos muitas, somos inúmeras crianças vulneráveis!
Somos punidas por tantos erros que não são nossos!
Eu só quero o seu respeito, o respeito da sociedade.
Quero ter direito a viver em paz.
 
 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 03/09/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426