Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

Meu amado Zé*

Não sei precisar todos os caminhos que  andei ,
Se por São Sebastião do Rodeiro
Pelas estradas de Minas eu sei.
Já fui Meiga Senhorita e doce menina.
Quando caminho e vejo Cidadãos pelas ruas cheios de incertezas
Me vem a tristeza
Que nos faz lembrar o Rio Doce...
Tenho trilhado por caminhos, buscando mostrar a semente de tudo,  semeando as letras para o futuro.
Nós  te seguimos pelos trilhos do trem, pelos caminhos da roça e muito mais além.
Nós vamos seguindo
Como em Rodeiro : o seu povo segue!
Eliane Auer.
(*Texto em homenagem ao nosso querido cantor Zé Geraldo , com algumas  frases das músicas dele .
01/04/2019)
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 23/04/2019


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426