Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

 
 Soldado de guerra
 
Por quais campos minados andou
Não sei se por aquelas terras
Lá deixou um amor
 
Voltou silencioso e triste
Me deixando em imensa solidão
Se por mim ainda o amor existe
Ou se foi uma grande ilusão
 
Quem sabe em orvalhados campos
Hei de acompanhar-te entre flores
 Com a alma pura e triste
Buscarei em ti o mais doce dos amores
 
Te esperei  com o coração sofrido
Aguardando apenas o ressoar dos sinos
Do mais sincero amor guardado no peito
Agora o sinto dilacerado sem sequer ter jeito.
 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 25/07/2016


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426