Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

Eu, você e o tempo

Me perdi de você no tempo
Agora sem acalento
Perdida sem direção
Procuro ouvir uma canção
Que lembre a lua
Que toque a alma
Que o tempo passe
E acalme a minha alma
 
Me sinto só
Um vazio, triste...
Insisto em te buscar no tempo
Sem controle das horas
Retorno sem graça,
Inocente  de novo.
No presente
Coração insiste em procurar
E oportunizar o que passou
Trazendo o passado no presente.
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 29/05/2016


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426