Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

Nuances
2013-1440.jpg

E se  o tempo passa
Como a cheia no rio
É um desafio
Enche de vazio as lacunas da vivência

E se tem transparência retorna ao leito
Se imperfeito
Serena aceito

Em prosa e verso
No embalo da música me deleito
À sombra de um flamboyant
Num banco de praça
Aproveito .
 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 31/03/2016
Alterado em 31/03/2016


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426