Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos


Dominique  com 20 meses ,20 anos...
 Em poesia infantil

 Aos vinte meses já sabia
Pedir para “chaca baia e pegar o “ pepil”                                
“Aiá” além do tempo
Oh, meu Deus quanto talento!
 
Embora tão pequenina
Na prefêrencia alimentar
"Aiaco" e "aiate" não podiam faltar
Com  um pouco de "ôis", "mim-mim"  e "amate"
De sobremesa avete de morango  para completar.
 
Adorava ouvir uma “muca”
Ficar no “cuio” não gostava       
Pedia sempre para pegar a “fafe” para “abi pota” para o papai entrar
E na primeira oportunidade de “afuiaião” brincar!         
 
Vocabulário:
Chaca baia- descasca bala
Aiá-olha lá
Pepil-qualquer roupa
Aiate-refrigerante
Mimmim-linguicinha
Aiaco-churrasco
Ôis-arroz
Tá cuio-escuro
Abi pota-abre a porta
Muca-música
Afuiaião- segura pião
Avete-sorvete
Amate-tomate
Fafe-chave.
 

 Dominique 20 anos!
Álbum de família

Sinto saudades  de quando eu podia falar,fica aqui!
Sinto saudades de quando estava pequena, ainda indefesa...
Sinto saudades de estar perto...
Você cresceu, já não tenho o controle de poder dizer, fica aqui!
Afinal, “Eu não vou morar pra sempre em casa”!

Feliz aniversário!
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 23/11/2015
Alterado em 04/04/2016


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426