Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

O silêncio da noite
images?q=tbn:ANd9GcQ_QYUoyq53BD2bMlOq-qyboC80kjqmXElhdM-69U5jgkHZQM8p
A noite chegou
e sem você tudo ficou nublado
a lua ficou tímida
nem sequer apareceu
 
o sorriso farto
ficou sem sentido
e sem sentido
voltou-se para dentro de si

 
A imaginação resolveu aflorar
dando lugar ao sonho
e à espera do belo principe  retornar.
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 28/09/2013
Alterado em 28/09/2013


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426