Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos


 
Diamante cor-de-rosa

12046715902R4267.jpg 
Pátria mãe gentil
Céu azul anil,
Brilho luz e amor.

Mãe generosa que desfila toda elegante
Olhos tristes, doce semblante
Coração aflito, mãe, senhora e amante.

De dia, gata borralheira
À noite, bela princesa
Por trás das vestes sujas
Oculta um belo diamante.

Não aparece o príncipe no cavalo branco
Muito menos aquele ator de cinema
Delirando entre poemas
Sonha com o sensível defensor da natureza

Com o pássaro ferido nas mãos
Assobia uma canção
Ela logo vê da janela e se encanta
Surge naquele momento
O grande amor da  sua vida 
 
Serenos olhares se cruzam
Um aceno com as mãos
Ela acolhe o protetor do pássaro
No ninho do seu coração.

A mulher que vive uma grande paixão,
A mulher que vivia na escuridão
Acenou para a vida com emoção.
 
Eliane Queiroz Auer
São Mateus-ES
 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 14/07/2013
Alterado em 14/07/2013


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426