Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

Saudades 
saudades-sua.jpg

Sinto uma saudade diferente
Daquela que chega
E invade o ser da gente
 
Sinto vontade de te ver
Através da mente inconsequente
Sinto vontade de gritar aos quatro ventos
Que é você que quero aqui presente
 
Penso na alegria
De poder estar brincando
Ao seu lado como uma criança
Correndo sem parar
 
Sentir o mundo girando
Ao meu redor
Como quem fica tonto
 De tanto de tanto rodar
 
Sinto saudades da minha inocência
Da falta de compromisso
Na minha existência
 
Andar descalços sem ninguém reparar
E de mãos dadas
Correr juntinho contigo
À beira mar.
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 03/07/2013


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426