Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

 
Ao poeta que adormeceu...


poeta.jpg
 
 
Um poeta não morre...
Seus escritos de amor
Sua poesia apaixonada
Um beijo entre palavras
Uma carta inacabada
 
Um poeta não morre...
Ele deixa seu suor
Na ponta da caneta
Deixa sua lágrima no papel
Seus gestos adormecem
 
O sorriso do poeta não morre
Um poeta adormece
Floresce nos jardins eternos.
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 25/04/2013


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426