Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

 
E se a fé não mudar, eu rezo!
eu+s%C3%B3+rezo.jpg
 
Rezo por ti, meu menino
Rezo pelo poeta
Pelas crianças simples
Pelas mulheres libertas
 
Rezo pelo desprezado
Por aquele cansado
Rezo pelo inconveniente,
Rezo pelo carente


Rezo por  aqueles afobados
Rezo pelos desesperados
Pelos simples de fé
Pelos filhos amados
Rezo pelo inimigo oculto
Rezo pelos desalmados.
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 22/03/2013
Alterado em 22/03/2013


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426