Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

 
Castelo Preto
Como derrubar as muralhas?

3397311797_dd93d62cf5.jpg

Assim fica a alma dilacerada
De uma mulher agredida e mal amada.

Parece um castelo de sombras escuras
Apenas ilusão e tortura
Verbal ou física
Dor que sangra sem guarida.

Dentro de si o castelo de sonhos
Construído ao contrair o matrimônio
Torna-se um pesadelo
E o castelo todo fica turvo
Transformando-se em totalmente preto
E sem teto.


No seu interior apenas tormento
As grades que prendem o coração e a mente
O guardião perdeu as chaves da porta
Ficando difícil o entrave.
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 08/08/2012
Alterado em 08/08/2012


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426