Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

A lua como testemunha
amor20virtua1dq0.jpg
Um dia, um sorriso raro,
Tornou-se presente
Constante em minha vida.
O meu pranto acalmou
Na minha vida surgiram
 As mais belas flores
Minha docilidade foi descoberta
Minha perspicácia
Foi ficando familiar
Aprendi a sonhar
E sempre ficaremos juntos
Com a lua a testemunhar.
 
 
 
 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 03/06/2012


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426