Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

 
DNA DO AMOR
9set201.jpg
Mais que um fio de cabelo
O DNA do amor!
O tempo não escondeu as marcas
Os olhares definem a cor dos olhos apaixonados
E nunca esquecidos de tempos passados.
O amor de outras vidas
Nem as intempéries apagam os sentimentos
É registro!
Renovados no novo tempo
O sol que brilhou no passado
Busca a luz no novo tempo
Não são ventania, nem mar revolto
É amor vivente
É calmaria que deixa contente
É leveza mesmo em palavras duras
Tem sintonia.
A cor da pele e o jeito de caminhar
Encontram semelhanças no seu jeito de amar.
O sorriso é intenso mesmo estando distante
As orelhas modelam o rosto e os ouvidos apurados
Determinam a música de fino gosto.

 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 24/03/2012
Alterado em 24/03/2012


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426