Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos



 Hypocrisis

 ilus%C3%A3o.png.png
Corre lá fora um vento úmido
E pássaros a cantar
Canta o menino inocente
No bambolê a menina a bailar
Correm notícias do final dos tempos
Era pelos anos de dois mil
Agora novo invento
no final de dois mil e onze ressurgiu.

Uns querem ganhar dinheiro vendendo a infelicidade
Outros a se entediar pela maldade
Quanta hipocrisia!

De ilusão em ilusão vive o homem
A buscar a sua felicidade.

Poetas del Mundo
Peapaz Poetas e Escritores do Amor e da Paz
Recanto das Letras


 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 29/12/2011
Alterado em 29/12/2011


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426