Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

 
 
 BANCO DOS SONHOS
    
Eliane Auer e Meu Anjo

Prefiro que no banco...
Seja à noite entre as estrelas
Que te soltes em meu colo
Atenta somente
Ao que te diz o meu olhar
E os beijos que te envolvo à carinhar

Que a noite seja longa
E que até o céu
Deseje presenciar
Um desejo forte a se libertar

Mexa em vespeiro!
No vespeiro do Anjo
Que é pleno em mel

E também não posso ser de todas
São muito complicadas
Tem de ter lugar próprio
Em baixo de uma arvore
Na solicitude de um banco

Quando se tem um banco na praça
Nele os sonhos fazem morada
Tem princesa olhando estrelas
Tem alma encantada

O teu olhar é de festa e alegria
À espera de beijos e afagos intensos
Eternos sejam os doces sonhos noturnos
Do mais puro encontro de amor
Seja ele o céu estrelado ou
Com juras de amor ao luar prateado.

Embaixo da árvore, no banco
É um sonho estar ao teu lado
Contando as estrelas no céu
Saboreando no vespeiro do anjo
O mais puro e doce mel.
Meu Anjo
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 04/11/2011
Alterado em 24/11/2011


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426