Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

 
PARTIDA SEM ADEUS
desespero.jpg
 
Tive você por um momento
Segurei-te em minha mão
Voou como um pássaro ao vento
Nem sequer uma ligação de acalento.
 
Foi a luz que clareou o dia
Despertou uma certa alegria
Sumiu como numa magia
Foi embora e nunca mais desejou bom dia!
 
Foi a estrela que brilhou mais forte no céu
Foi o vento e tempestade
Foi levando o pão que alimenta
Hoje restou apenas saudade!
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 30/10/2011


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426