Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

NOSSO LAR: O FILME

foto1.jpg
MENSAGENS POR ANDRÉ LUIZ
“Ao relembrar o passado, vi que nem sempre as aparências indicam a realidade.
Descobri que por vezes, o nosso lado sombrio se esconde numa falsa imagem de tranqüilidade.
Mas um dia, tudo vem à tona e nunca é tarde demais!”
320228-4c7c1a7e47086.jpg
MENSAGEM NO FINAL DO FILME: NOSSO LAR
Por André Luiz
“A vida não cessa e a morte é um jogo escuro de ilusões.
Fechar os olhos do corpo não decide os nossos destinos.
È preciso navegar no próprio drama ou na própria comédia até quando teremos atravessado todos os caminhos da evolução espiritual.
Só então encontraremos as águas do oceano Divino.
Uma existência é um ato.
Um corpo, uma veste.
Um século, um dia...
E a morte?
A morte é um sopro renovador!
Mas não vou sofrer com a idéia da eternidade.
É sempre tempo de recomeçar.
A voz Divina que fala no santuário da minha alma é só perdão e amor.”
Nascer, morrer, renascer tantas vezes quantas forem necessárias.
425.jpg?w=538

Considerações:
Que consigamos refletir, repensar e entender melhor o verdadeiro sentido da morte da matéria reconsiderando as nossas vivências e procurando nos tornar melhores nesse mundo...


http://www.institutoandreluiz.org/nosso_lar.html

http://www.nossolarofilme.com.br/
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 29/10/2010
Alterado em 27/06/2012
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426