Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

EGOISMO
Fui egoísta, desculpe-me!
Vi-me de maneira inconsciente envolvida por um sentimento sombrio quando por uma simples satisfação do meu ego não pensei que para o meu próximo poderia ter sido um momento angustiante a minha satisfação.
Imagino como somos seres humanos falhos.
Como somos egocêntricos!
Devemos nos importar mais em permitir com que os outros sejam mais felizes e se satisfaçam à maneira que lhes convierem.
O mundo não deve girar apenas em torno de nós mesmos.
23/10/2010

Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 23/10/2010
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426