Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

Riscos de um lápis
O lápis encantador
É ele que corre entre os dedos
Desde a infância mais pura
Até os tempos de desassossego

Lápis que ousa riscar
Os lábios formosos da moça bonita
A fina flor da fazenda
E o belo vestido de noiva em renda!

Os belos carrosséis dos parques
Os palhaços e as flores
As cartas dos amores

Risca o livro acabado
Os papéis esbranquiçados
E o sorriso estampado...

28/06/2010




Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 28/06/2010
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426