Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

SOLIDÃO DE AMIGOS

-Estou com vontade de ter a sua companhia...
Pega a Lua para nós dois!
Vamos apreciá-la?
Sinto-me tão solitária!
-Ah! Também estou me sentindo solitário!
Dê-me a sua mão.
Aperte forte!
Preciso sentir a sua presença.
Sinto-me no abandono,
Triste sempre!
-Não fique assim!
Estou aqui perto de você.
Vou buscar a Lua para ser a nossa companheira.
Olhe agora para o céu!
Consegue enxergá-la?
Está na beira da praia, não é?
Eu também!
Vamos!Viaje comigo nesse pensamento!Estou juntinho de você.
Estou olhando também...
A noite está linda!
A Lua está magnífica! Está lá só para nós dois!
O vai e vem das ondas...
O brilho das estrelas...
O canto das águas...
São músicas criadas exclusivamente para os nossos ouvidos...
-Você conseguiu me acalmar!
Consigo sentir o ventinho suave no rosto.
É como se sentisse o seu carinho na minha face.
Preciso sentir seu abraço.
Está tão presente!
Sinto que estou adormecendo...
- Sim, você está adormecendo!
Amanhece e o Sol desponta no horizonte num espetáculo incrível!
E assim... Acordamos!
02/05/2010

Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 02/05/2010
Alterado em 15/06/2011
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426