Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

Pontualidade
“SE TU VENS, POR EXEMPLO, ÀS QUATRO DA TARDE, DESDE AS TRÊS EU COMEÇO A SER FELIZ.”
                                                                                                                     (Antoine de Saint Exupéry)

Ah, como é bom saber o horário em que a pessoa esperada chegará!
Você prepara as palavras, até mesmo o seu coração para esse encontro.
Seja uma pessoa amiga, um encontro de negócios, o seu grande amor.
Você sonha com essa chegada, no horário marcado!
E quando os minutos passam e aquele horário se transforma num pesadelo, porque aquele horário não foi cumprido.
Os minutos foram transformados em horas, os sentimentos, aquela preparação emocional, deu lugar à incerteza, se aquela pessoa chegará ou não!
Deixar uma pessoa esperando, não é elegante!
Independente da deselegância, como dói esperar por alguém e não receber pelo menos o mérito do aviso.
É importante lembrar que esperar por alguém desejado, a cada minuto que vai passando, e a hora do encontro vai chegando, a alegria só vai aumentando.
07/09/2009

Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 07/09/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426