Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

CONTO TRISTE
                                                    
Uma menina que tem um pai que a ama, uma mãe que a ama, mas, que rejeitou os dois pelo mais simples capricho de menina.
Uma família estava formada por um dia apenas...
Muito amor estava acontecendo...
Parecia um sonho lindo... quando de repente, ela não aceitou a indisponibilidade devido a uma grande tristeza que invadia a mãe  e sem questioná-la preferiu descartar um amor tão puro.
Todos três estavam precisando demais um do outro.
O capricho da menina demonstrou o tamanho do fragmento do amor...
Ela não acreditou no nosso amor por ela...
Saiu descartando a mãe de sua da vida... Como se descarta uma folha de papel amassada...
O pai ficou sofrendo muito, a mãe inconsolável...
A filha desolada...
Os três sofrendo por causa de ciúmes.
Ele por ser amado demais pelas duas: pela mãe e pela filha.
A filha sofrendo por ciúmes da mãe com o pai.
A mãe com ciúmes da filha com o pai...
Meu Deus e o pai?
Sofrendo pelos ciúmes das duas por causa dele.
Claro ele muito especial ainda tentando contornar a situação...
Palavras não ditas foram colocadas no pensamento dessa filha.
Ele, muito inteligente entende a carência das duas e sabe que é muito amor que elas expressam sem saber lidar com esses sentimentos que foram perdidos com o tempo e estão sendo resgatados...
Porém o mais triste é o ciúme dessas duas...
Família essa que não pode se fragmentar porque um precisa do outro demais...
Precisa ser consumada sem fragmentos...
PS: Esse conto continuará... essa história não chegou ao fim...está apenas começando...
27/06/2009
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 27/06/2009
Alterado em 14/12/2015


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426