Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

Monstro da recessão
Monstro da recessão!
De tanto ouvir falar sobre recessão, minha filha, de cinco anos, acorda no meio da madrugada, me chama e aponta em direção à televisão do quarto, em especial, o pontinho de luz vermelho, e fala:
-Mãe, estou com medo do monstro!
Eu perguntei:
-Que monstro, minha filha?
Monstros não existem!
Ela respondeu:
-Existe sim, olha lá o olhinho vermelho... É o monstro da recessão!
Não pude conter o riso, às duas horas da madrugada!
Levantei-me e a convidei para passear pela casa, de mãos dadas e a cada ponto de luz fui desmistificando a idéia da inexistência de monstros...
A fusão de assuntos do cotidiano com o seu mundo de fantasias ficaram bem transparentes. Fantasias estas retratadas nos desenhos infantis e respectivos filmes.
29/04/2009
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 29/04/2009


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426