Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

O quarto... sem parto...
O quarto, sem parto, com risos!!!

No acaso do amanhecer
apareceu um anjo menino...
Anjo menino,sorriso responsável,
inigualável
com privilégio de alma gêmea de filho.
Filho homem, aquele que não tive.
Recebendo de presente,
no presente que se vive.
Privilégio de confidente
sincero e amável...
Esse é o mais novo presente!!!

Obrigada Papai do Céu... por mais um anjo na minha vida...
mais um filho...o meu filho homem!!!
21/01/2009
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 21/01/2009


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426