Eliane Auer

Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.

Textos

MOÇO POETA
COMO O POETA APARECERÁ?
ENTRE NUVENS DE ALGODÃO
OU ALEGRE A CANTAROLAR
UM MOMENTO IMPAR
COM UMA VOZ DE LOCUTOR
DECLAMANDO UMA POESIA.
VOZ SUAVE COMO PLUMAS
AVELUDADA COMO PÊSSEGOS...
COMO FORMA DE AMOR
CORAÇÃO ORA  EM FESTA
ORA EM TEMPESTADE
NÃO É MADRUGADA
MAS ESTÁ ORVALHANDO DE SAUDADE
SAUDADE DE UM DOCE POETA
QUE COMECEI A IMAGINAR
SAUDADE DO SORRISO RARO
E DO BRILHO DO OLHAR
DOCE POETA
NÃO SEI COMO ESTÁ
SE ESTÁ ENTRE AS PALAVRAS
OU SOFRENDO EM ALGUM LUGAR...
MOÇO POETA, ENSINA-ME A SONHAR
MOSTRA-ME O BRILHO DO SOL
PORQUE QUANDO A NOITE ESTÁ VINDO
A LUA FICA TRISTE PELO DESENCONTRO INFINDO
ELIANE QUEIROZ AUER
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 21/11/2008
Alterado em 25/04/2009


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426