Eliane Auer
Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Revelações
 images?q=tbn:ANd9GcQijTrF-41rvU-ilOBqJO-XIppHlvNDcOqVtFtoG_7QRus_C-pR
Se o chuveiro falasse
As confissões que as lágrimas fazem
Misturando-se às gotas de água que caem
Aconteceria uma grande tempestade
 
Se o lençol esboçasse
A solidão que ele habita
Deixaria muitas pessoas
Tristes e aflitas
 
Se o travesseiro confessasse
Os desalentos de cada dia
Haveria rios de lágrimas
Não existiria seca nem boemia.
 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 23/12/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários