Eliane Auer
Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

 Quando perco o sono
 
284790_438955722813366_966199685_n.jpg
Quando perco o sono
Percebo o quanto eu amo quem está ao meu redor e quem é importante para a minha vida.

Observo a respiração das filhas, do meu marido...
Observo como se mexem na cama e até mesmo a inquietação.

Lembro-me das palavras de incentivo das pessoas  queridas.
Penso no quanto a minha filha mais velha e amigos  estão atarefados.

Lembro-me especialmente de outra filha do coração  que precisa vencer a dor do trauma pedindo a Deus que acalme o coraçãozinho amoroso dela.

Lembro de quem aniversaria 
Lembro-me do poeta querido
Lembro-me de quem canta tão lindamente para mim...
Lembro-me do menino travesso e de todos que são caros para mim

O filme  de minha vida passa na frente dos meus olhos.
Percebo o quanto sou feliz em conviver com pessoas tão especiais.

É madrugada e eu aqui, lembrando de cada um de vocês.
 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 28/09/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários