Eliane Auer
Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Z
 
A Academia Mateense de Letras
-AMALETRAS-
Propõe:
 
MIL POESIAS DE NATAL
 
INTRODUÇÃO
 Como dizia o poeta Carlos Drummond de Andrade:
 “Ser poeta é ousar viver sob o signo da paixão, quero dizer, é viver da poesia em seu estado natural”. A poesia tem como objetivo humanizar, imaginar, refletir enfim... POESIA É ARTE E ARTE TEM TUDO A VER COM EDUCAÇÃO.
Pesquisas em jornais, revistas, livros, internet sobre versificação; leituras de poesias; análise de poesias com o tema de Natal.
Incentivar a produção de textos.
Leitura de poesias;
Produção de poesias;
MIL POESIAS DE NATAL
1. JUSTIFICATIVA
O contato com a poesia sempre esteve presente em nossas vidas, seja nas cantigas de roda, nas parlendas, nos trava-línguas e nas adivinhas da nossa infância ou nos bilhetinhos, frases de amor nas agendas ou músicas que ouvimos na adolescência. Para muitos de nós a poesia vai-se perdendo com o passar dos anos e alguns culpam a escola por essa perda.
Acreditamos, porém, que a escola pode e deve ser um lugar onde a aproximação com a poesia aconteça concretamente, permitindo ao aluno, conhecer autores e estilos, reavivando a capacidade de olhar e ver o que é a essência do poético, através de atividades que permitam uma compreensão maior da linguagem poética e lhe dê condições para que ensaie seus próprios passos em poesia.
O Projeto MIL POESIAS DE NATAL trabalhará a leitura e a escrita por meio de poesias exposição de idéias sobre o Natal, composições, reescrita e onde os participantes  poderão  expor suas emoções através dos recursos tão expressivos da linguagem poética.
 
2. OBJETIVO GERAL
Aproximação com a linguagem poética, no sentido de familiarizar  os participantes com a poesia, para que tenham prazer em ler e ouvir  poesias e, sobretudo, para que se sinta motivado a expor suas emoções, dar liberdade de criar, brincar com as palavras, fluir sua imaginação.
 
3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Despertar o prazer em ler e escrever poesias.
Ter maior compreensão da linguagem poética, levando a revelar ideias, opiniões, sentimentos e talentos ao escrever poesias;
Possibilitar ao público envolvido a interação oral e escrita e na busca independente de conhecimentos relacionando essas práticas à vida cotidiana;
Identificar-se com os sentimentos nas poesias lidas;
Assegurar a função social da escrita, fazendo com que as poesias produzidas tenham um leitor real, pois serão expostos em varais e murais e faremos uma árvore com os mil poemas.
Valorizar os resultados do trabalho individual e coletivo através de premiação celebrando o sucesso alcançado.
 
4. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
Os princípios teóricos que norteiam nosso trabalho literário estão pautados na teoria sócio -interacionista da linguagem. Na concepção de Bakhtin, a linguagem é analisada a partir da interação entre os indivíduos dentro de uma prática social; a língua não é apenas um amontoado de palavras, nem é individual, mas acontece através da interação verbal, abrangendo todo o conhecimento que o escritor possui seja na leitura ou na escrita e essa interação verbal constitui assim a realidade fundamental da língua.
 
5. METODOLOGIA
A emoção flui em cada ser humano de forma diferente e aproximando essa emoção da linguagem poética, procuraremos fazer com que os participantes se integrem e interajam efetivamente ao mundo da literatura.
As atividades desenvolvidas no projeto visam relacionar e conhecer poemas diversos, sensibilizar os participantes para uma observação mais apurada dos elementos com as quais as palavras se entrelaçam em uma poesia, oportunizar o acesso à linguagem poética e expressar suas emoções criando seus próprios poemas.
O projeto MIL POESIAS DE NATAL será desenvolvido nas seguintes etapas:
1ª Etapa: Apresentação da proposta ao público nacional ressaltando a importância de conhecer e ser capaz de apreciar e produzir poesias mostrar credibilidade no potencial e na capacidade de cada um, de forma a trabalharem intensamente, produzindo e aprendendo.
Propor que participem das atividades e mostrem que sabem, são capazes e podem transformar as palavras em arte, levar o leitor a um mundo criado por eles.
 
2ª Etapa: De posse das poesias revisadas e digitadas para a divulgação, serão impressas em fonte Arial 14 para exposição em praças, murais, consultórios...
As melhores poesias serão editadas em uma coletânea.
6. ORÇAMENTO
As despesas relativas ao material de reprodução dos textos será um compromisso da  AMALETRAS e parcerias.
7. PRAZO DE ENTREGA DAS POESIAS
  Até o dia 20/01/2014

8.RESULTADO DA CLASSIFICAÇÃO:
20  de fevereiro de 2014.

Edição de uma possível  coletânea e varal de poesias de acordo com a programação acadêmica de 2014.
 
9. ENDEREÇO PARA O ENVIO DAS POESIAS DE NATAL:
Os interessados poderão enviar seus textos para o
e-mail:elianeauer@uol.com.br 
 
Remessa postal no endereço:
Rua Altino Gomes Luz,127-Centro
29930-030 –São Mateus-ES
A/C  da D.D: Eliane Queiroz Auer
 Até o dia  20/01/2014

 9.1 Junto com as poesias, envie-nos o endereço postal para possível contato. (Não publicaremos o endereço completo , apenas a cidade e estado do participante)

9.2 CONSIDERAÇÕES FINAIS
No decorrer do desenvolvimento do projeto, todos os participantes serão informados por email, facebook ou por via postal sobre o projeto.  Com esse incentivo acreditamos que nossos participantes se sentirão mais ligados a esse tipo de expressão escrita apreciando a poesia ,escrevendo e aumentando seus conhecimentos literários.
 
9.3- Não cobramos taxa de participação.

10. REFERÊNCIAS
BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes,
1992.
Google
 
Eliane Auer (Moça Bonita)
Enviado por Eliane Auer (Moça Bonita) em 05/12/2013
Alterado em 22/03/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários